Corte de vagas formais em 2016 foi liderado pelas regiões Sudeste e Nordeste

Brasília, 20 – O corte de vagas formais de trabalho no Brasil em 2016 foi liderado pelas regiões Sudeste e Nordeste, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Entre as unidades da federação, apenas Roraima registrou mais contratações do que demissões, mesmo assim, em número quase simbólico: foram abertos 84 novos postos com carteira assinada.Segundo as informações do Ministério do Trabalho, a região Sudeste extinguiu 788,6 mil vagas formais, enquanto o Nordeste fechou 239,2 mil postos. Ao todo, o País perdeu 1,32 milhão de empregos com carteira assinada, considerados de maior qualidade, no ano passado.

Powered by WPeMatico

Esta entrada foi publicada em Noticias nacionais, Uncategorized. Adicione o link permanente aos seus favoritos.