Correção: Bradesco nega contratação de grupo investigado na Zelotes

São Paulo, 31 – A nota publicada anteriormente continha um erro. O Bradesco venceu em todas as instâncias da Justiça, mas perdeu no Carf, e não como constou. Segue a nota corrigida:O Bradesco informou que, por meio de seus advogados, irá apresentar seus argumentos jurídicos no âmbito na Operação Zelotes que investiga compra de decisões no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf). A Política Federal indiciou o presidente do banco, Luiz Carlos Trabuco Cappi, no inquérito da operação, conforme antecipou a Coluna do Estadão.

Powered by WPeMatico

Esta entrada foi publicada em Noticias nacionais. Adicione o link permanente aos seus favoritos.