Comitê de especialistas britânicos aprova técnica de bebê de três pais

Um comitê de especialistas britânicos aprovou nesta quarta-feira a concepção de bebês a partir do DNA de três progenitores para evitar a transmissão de doenças graves, um controverso passo no terreno médico no qual o Reino Unido pretende ser pioneiro.p>A recomendação dos cientistas ainda deve receber o aval do organismo britânico responsável pelas questões bioéticas, o Human Fertilisation and Embryology Authority (HFEA), do qual se prevê uma resposta positiva em 15 de dezembro. p>A técnica experimental que combina o DNA de duas mulheres e de um homem para evitar a transmissão de doenças hereditárias por parte de mãe pode ser usada pela primeira vez em março ou abril do ano que vem.p>Os deputados britânicos aprovaram o procedimento em fevereiro de 2015, convertendo o Reino Unido no primeiro país do mundo a autorizá-lo por lei.

Powered by WPeMatico

Esta entrada foi publicada em Noticias nacionais. Adicione o link permanente aos seus favoritos.