CMN define regras para retenção de cédulas e moedas suspeitas de falsificação

Brasília, 31 – O Conselho Monetário Nacional (CMN) definiu nesta terça-feira, 31, regras para a retenção de cédulas e moedas suspeitas de falsificação. Na principal mudança, a norma determina substituição imediata de notas e moedas tidas como duvidosas nos casos de saques ou trocas feitas dentro dos bancos. A medida, que ainda precisa de regulamentação, não vale para casos de cédulas falsas recebidas no comércio, por exemplo.Pela resolução, os bancos serão obrigados a reter as notas e moedas.

Powered by WPeMatico

Esta entrada foi publicada em Noticias nacionais. Adicione o link permanente aos seus favoritos.