BHTrans afirma que erro de português em faixa foi provocado por empresa terceirizada

A BHTrans afirmou nesta segunda-feira que o erro de português em uma faixa colocada na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, por ocasião do projeto “A Savassi é da Gente”, foi culpa da empresa terceirizada que fez a produção da mensagem. A orientação chamou a atenção dos motoristas e pedestres por causa da palavra Getúlio que estava escrita com j. Por meio de nota, a autarquia se eximiu do erro. A empresa informou, no documento, que “o erro, trocar o G, de Getúlio, pelo J, foi realmente grosseiro”.

Powered by WPeMatico

Esta entrada foi publicada em Noticias nacionais. Adicione o link permanente aos seus favoritos.